quarta-feira, junho 23, 2004

Um dia com...

Miguel Dias, génio incontornável da música, rádio, teatro, televisão e cinema...também desconhecido internacionalmente como um verdadeiro Adónis. Depois desta breve introdução da minha pessoa passo a descrever como decorreu a minha sessão musical. O meu primeiro dia de gravações começa depois de uma grande noite de copos ( de água) e acordar de manhã como uma verdadeira estrela de rock rodeado pela companhia de quatro “beldades” – de seu nome Mário, Zé, Ruben e Álvaro- que depois de um belo banho e de uma sessão de onanismo partimos para o estúdio onde iriamos gravar as mais belas músicas que a minha mãe já ouviu; e que melhor maneira de começar senão com a linda “thrilling ride”. Comecei a debitar acordes e efeitos nunca antes ouvidos na história da música Chilena. Depois de longos meses de ensaios lá estavamos nós a passar toda a nossa criatividade musical para um programa de computador, a tecnologia em prol da arte. Agora mais a sério para mim foi um prazer passar todos estes dias na companhia dos meus camaradas musicais e ter produzido com eles músicas de uma beleza incomparável para a continuação desse lindo ciclo de ensaios e concertos. Obrigado a todas as pessoas que nos ajudaram e inspiraram na feitura deste albúm. “Graças à música as paixões fruem-se a si próprias” Nietzsche! Escrito por: Miguel Dias – guitarrista human cycle

1 comentário:

Pedro disse...

Primaço!
Tens um blog?
lol

ès um bethoveen da guitarra! lol
abc